06/07/2018

Vereadores de Corumbá reivindicam 30 horas aos profissionais de enfermagem

Outra demanda reivindicada à prefeitura é o reajuste salarial dos profissionais

Foto: Ascom dos vereadores

Vereadores de Corumbá – a 428 km de Campo Grande, solicitaram, na última terça-feira (3), à prefeitura o equacionamento da carga horária e reajuste salarial dos profissionais de enfermagem que atuam em regime de Urgência, Emergência e Similares na Rede Municipal de Saúde corumbaense.

As reivindicações foram encaminhadas ao prefeito, Marcelo Iunes, com objetivo de regulamentar a carga horária dos profissionais para 30 horas semanais. Os representantes do legislativo corumbaense alegam que é necessário atender as demandas dos profissionais que atuam na saúde da região.

Segundo os vereadores, os enfermeiros, auxiliares de enfermagem e técnicos em enfermagem são a linha de frente, ou seja, nas unidades de saúde eles que são o primeiro contato com os pacientes e acompanham todos aqueles que se encontram em um momento delicado e às vezes crítico.

Ainda conforme os vereadores, a classe da enfermagem, nos atendimentos nas unidades da saúde, muitas vezes trabalham de forma exaustiva o que pode trazer riscos a saúde do trabalhador dessa categoria. Com as 30 horas semanais o profissional terá uma maior qualidade de vida, podendo assim também dar um atendimento melhor ao paciente.

Capital

Em Campo Grande a lei das 30 horas semanais já é realidade e foi  regulamentada em julho do ano passado, assinado pelo então prefeito, Marquinhos Trad. Em Corumbá as reivindicações foram encaminhadas pelos vereadores Chicão Vianna, Gabriel Alves de Oliveira e Domingos Albaneze Neto.

Fonte: Câmara Municipal de Corumbá





  • BannerLateral/e-dimensionamento
  • BannerLateralAnjosEnfermagem
  • banner_anaiss1-e1349203955613
  • BannerLateralMunean
  • vagas enfermagem