25/06/2019

Quase 4 mil profissionais serão beneficiados com nova subseção do Coren-MS em Três Lagoas

Instalação da regional vai ocorrer até o fim deste ano

Três Lagoas está situada na região Leste de Mato Grosso do Sul – Foto: Divulgação/Prefeitura de Três Lagoas

Os profissionais de Três Lagoas e região poderão contar com atendimento em uma nova subseção do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul (Coren-MS), que será instalada até o fim deste ano no município.

Enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem de 11 municípios – Água Clara, Aparecida do Taboado, Brasilândia, Bataguassu, Cassilândia, Chapadão do Sul, Inocência, Paranaíba, Santa Rita do Pardo, Selvíria e Três Lagoas – terão acesso mais fácil e rápido ao Conselho quando a unidade estiver em funcionamento. O número de trabalhadores beneficiados será de 3.863, o que representa 16% do total de inscritos no Estado.

Nas futuras instalações estarão disponíveis os seguintes serviços: fiscalização; inscrição; recadastramento; transferência; negociações; recebimento de denúncias; e acompanhamento de processos éticos.

O processo licitatório para locação do imóvel que vai abrigar a subseção está em andamento. A abertura dos envelopes com as propostas apresentadas por locadores será realizada nesta quarta-feira (26), na Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso do Sul (OAB/MS) em Três Lagoas. Leia aqui o edital de chamamento público nº 2, que abre consulta pública a interessados.

Justificativas para a criação da subseção – Justifica a criação da subseção a necessidade de prestar melhor atendimento aos quase 4 mil profissionais atuantes nos 11 municípios. Nos próximos anos, esse número deve crescer significativamente, considerando que várias instituições da região oferecem cursos de nível superior e técnico na área da Enfermagem.

Além disso, a localização da unidade vai facilitar e agilizar a fiscalização de 147 unidades de saúde que, segundo levantamento do setor de fiscalização do Coren-MS, estão presentes em Três Lagoas e  cidades próximas.


Fonte: Assessoria de Comunicação do Coren-MS