10/01/2019

Presidente do COREN-MS cobra demandas emergenciais ao Secretário Estadual de Saúde

Contratações emergenciais, capacitação profissional e redução da carga horária semanal, estiveram entre as pautas

Da esquerda para a direita: Dr. Geraldo Resende, Secretário de Estado de Saúde; Dr. Sebastião Duarte, presidente do COREN-MS; Dr. Douglas da Costa Cardoso, assessor jurídico do COREN-MS

O presidente do COREN-MS, Dr. Sebastião Junior Henrique Duarte e o assessor jurídico do órgão, Dr. Douglas da Costa Cardoso, estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (10) com o Secretário Estadual de Saúde, Dr. Geraldo Resende, para a discussão de demandas que têm afetado os profissionais de enfermagem e, consequentemente, a população de Mato Grosso do Sul.

Entre as principais pautas trazidas pelos representantes do COREN-MS, esteve a urgência nas contratações de profissionais de enfermagem no Hospital Regional Rosa Pedrossian em Campo Grande, no Hospital da Vida de Dourados e no Hospital Municipal de Naviraí.

Para tais ações, Dr Sebastião Duarte propôs ao Secretário a realização de processo simplificado para contratação imediata, enquanto é solicitado a realização de concurso público à Secretaria de Administração, para que haja o cumprimento da lei 7498/86 e resoluções do Conselho Federal de Enfermagem, especialmente a Resolução n° 543/2017, que versa a respeito do dimensionamento de pessoal.

“Estamos agindo nessas situações que estão se agravando. O Hospital Municipal de Naviraí, por exemplo, necessita ter 40 enfermeiros, mas tem 9 atualmente. O mesmo quadro se aplica ao Hospital da Vida de Dourados. Entretanto, os municípios do interior reclamam da pouca ajuda recebida pela Secretaria de Estado de Saúde e, na capital, um dos casos mais preocupantes é referente ao Hospital Regional de Campo Grande. O déficit ali é muito grande”.

O presidente do COREN alertou também durante o encontro, para a necessidade da valorização na remuneração da classe. “Os baixos salários levam os profissionais de enfermagem a terem mais de um emprego, com isso a possibilidade de exaustão e os erros decorrentes do esgotamento físico e mental. Cresceu muito a representação ética em desfavor de enfermeiros, alertou”.

Dr. Geraldo Resende prometeu estudar as medidas propostas pelo COREN-MS

Resende afirmou compreender a gravidade da situação, e, embora os municípios tenham gestão própria sem a interferência do estado, prometeu dialogar com os municípios e disse que irá estudar tais demandas. “Vamos observar com atenção os indicadores de saúde e verificar onde estão as falhas. Preciso sentar com os secretários de saúde dos municípios e verificar este quadro”.

O Secretário afirmou também já ter tido um diálogo com os representantes do Hospital Regional de Campo Grande. “Cobrei dos representantes do HR que me concedam um diagnóstico e um planejamento adequado, para podermos proporcionar a devolutiva para a população, por meio de um atendimento de qualidade”.

Redução de carga horária dos profissionais

Capacitação profissional também foi pauta no encontro

A morte de uma enfermeira do Hospital Regional de Campo Grande, por suspeita de suicídio no último dia 2, levantou uma grande preocupação ao COREN-MS. Diante deste fato, Dr. Sebastião sugeriu uma redução da carga horária semanal aos profissionais da categoria. “As más condições dos profissionais da enfermagem infelizmente interferem na saúde física e mental. Por isso propõe-se a redução da carga horária semanal de 40 para 36 horas”.

O presidente do COREN-MS concluiu a reunião requerendo que o Secretário Estadual de Saúde dê atenção o mais rápido possível para solucionar o déficit de profissionais de enfermagem no Hospital Regional, inclusive para que medidas mais contundentes não sejam tomadas, como a impetração de ação civil e a realização da interdição ética. Tais medidas visam resguardar o exercício profissional da categoria de enfermagem e proteger a sociedade da má assistência.





  • BannerLateral/e-dimensionamento
  • BannerLateralAnjosEnfermagem
  • banner_anaiss1-e1349203955613
  • BannerLateralMunean
  • vagas enfermagem