18/01/2021

Prefeitura de Campo Grande lança sistema de identificação para grupos que vão receber a Coronavac

Profissionais da saúde podem utilizar sistema

Para agilizar o processo de identificação das pessoas pertencentes aos grupos prioritários para imunização contra a COVID-19, a Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) e da Agência Municipal de Tecnologia e Informação (Agetec), lançou o sistema de identificação prévia que pode ser acessado através do site: vacina.campogrande.ms.gov.br. Neste primeiro momento somente pessoas acima de 75 anos e profissionais de saúde podem fazer sua identificação.

Os usuários terão que preencher um questionário com dados pessoais e no caso de profissionais de saúde anexar um comprovante de vínculo, que pode ser a imagem da carteirinha do conselho de classe ou holerite, e um documento oficial com foto para ambos.

A identificação não é um agendamento, mas garante atendimento mais rápido nos locais de vacinação e evita a formação de aglomerações.

Passo a passo

1- A pessoa apta a receber a vacina acessa o endereço web vacina.campogrande.ms.gov.br através de dispositivo conectado à internet, realiza o seu cadastro uma única vez e preenche os dados obrigatórios exigidos pelo Ministério da Saúde;

2- Antes de finalizar a identificação, a pessoa deverá enviar pelo sistema os documentos de identificação obrigatórios para a vacinação (carteira de conselho da categoria; e/ou documento com foto; e/ou documento de vínculo empregatício; dentre outros);

3- Finalizada a identificação, a pessoa poderá se dirigir até os locais de vacinação definidos pela Sesau/Prefeitura de Campo Grande, e informar aos responsáveis nesses locais que já realizou a identificação pelo sistema;

Em um segundo momento e conforme a logística de distribuição das vacinas, a Sesau irá informar através desse sistema a data e o local de vacinação da pessoa já identificada, como forma de diminuir as filas e o tempo de permanência nesses locais, evitando aglomerações.

A identificação pelo sistema não é obrigatória, quem não conseguir preencher os dados online poderá se dirigir aos locais de vacinação tendo em mãos os documentos obrigatórios de identificação.

Fonte: Sesau/PMCG