01/02/2019

Em entrevista à CBN, presidente do Coren-MS fala sobre o adoecimento mental na categoria

Na oportunidade, o presidente comentou sobre o Seminário sobre saúde mental que o Conselho está promovendo

O presidente do Coren-MS, Dr. Sebastião Junior Henrique Duarte, concedeu uma entrevista à Rádio CBN na última segunda-feira (28/01) e alertou sobre as circunstâncias que tem levado os profissionais de enfermagem ao adoecimento mental.

Para Sebastião Duarte, o déficit de profissionais reflete na saúde mental do profissional de enfermagem. “Temos percebido que a profissão tem sofrido com a sobrecarga de trabalho e número insuficiente de profissionais para atender todos os serviços. Outro aspecto é a precarização de salários, que leva os profissionais a terem mais de um vínculo trabalhista para dar conta das despesas”.

De acordo com o presidente do Coren-MS, as fiscalizações da autarquia comprovam a falta de investimento do poder público. “Pelas fiscalizações que realizamos, percebemos que as vezes faltam medicamentos e também materiais adequados para que as pessoas sejam atendidas”, alertou.

O número de profissionais de enfermagem é suficiente para atender as demandas do mercado de trabalho, segundo Sebastião Duarte, mas os governantes não cumprem a legislação. “Temos em torno de 16 cursos superiores de enfermagem, um número suficiente para atender as necessidades de oferta do mercado de trabalho. Mas os próprios legisladores estão descumprindo isso, com poucas contratações e salários inadequados”.

Seminário sobre saúde mental

O Coren-MS está realizando o Seminário “Sofrimento mental e organização do trabalho em enfermagem”, que se iniciou no dia 28/01 em Campo Grande, passou por Corumbá, Aquidauana e encerra a semana de programações nesta sexta-feira (01/02) em Dourados. O presidente do Conselho explica a importância do evento. “Estamos realizando este seminário em algumas cidades do interior do Estado e pretendemos oferecer em outros municípios ao longo do ano. Este é o momento que tratamos de temas como a sobrecarga de trabalho e os cuidados para não adoecer”.

 





  • BannerLateral/e-dimensionamento
  • BannerLateralAnjosEnfermagem
  • banner_anaiss1-e1349203955613
  • BannerLateralMunean
  • vagas enfermagem