Eleições Coren-MS 2020: chapa “Enfermagem Unida, Coren Forte” é eleita com 77% dos votos válidos

Novos representantes eleitos assumirão a gestão do Conselho a partir de 1º de janeiro de 2021

Legislação Rápida

Preencha os campos abaixo e faça a consulta na legislação

As eleições Coren-MS 2020 terminaram há pouco e o resultado já está disponível: foi eleita para assumir a gestão do Conselho no triênio 2021 – 2023 a chapa 1 “Enfermagem Unida, Coren Forte”, com 77% dos votos válidos.

Dos 14.780 eleitores habilitados, 8.253 participaram do pleito, que ocorreu das 8h do domingo (08/11) às 8h desta segunda-feira (09/11). Destes, 2.826 votaram no Quadro I e 3.702 votaram no Quadro II da chapa 1 “Enfermagem Unida, Coren Forte”; 496 votam nulo; e 335 votaram em branco.

Neste ano eleitoral para o Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul, apenas a chapa vencedora “Enfermagem Unida, Coren Forte” inscreveu-se e teve a inscrição deferida pela Comissão Eleitoral das Eleições 2020 locais para concorrer. O processo eleitoral seguiu conforme as regras definidas pelo Código Eleitoral do Sistema Cofen/Conselhos Regionais de Enfermagem, estabelecido pela Resolução Cofen nº 612/2019.

Conheça os eleitos para compor o plenário do Coren-MS:

Quadro 1 (Enfermeiros)
Membros efetivos:
Sebastião Junior Henrique Duarte – Coren/MS 085.775-ENF
Bacharel em Enfermagem Geral em 2000, pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS); especialista em saúde da família e educação: enfermagem (ENSP); mestrado em Saúde Coletiva (UFMS); doutorado em Ciências da Saúde (USP) e Pós-Doutorado em enfermagem pela UFSJ em 2016. Atuou como Enfermeiro na Estratégia Saúde da Família de 2000 a 2006 e do SAMU Campo Grande (2005-2006). Participou da implantação da comissão de ética dos profissionais de enfermagem em Campo Grande/MS, onde foi membro por duas gestões. Foi Conselheiro Federal no Conselho Federal de Enfermagem (COFEN) de 2012 a 2015, onde desenvolveu diversos trabalhos em prol da enfermagem brasileira e, em especial à sul-mato-grossense. Atualmente é Professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e credenciado pela Secretaria de Estado de Saúde/Escola de Saúde Pública. Presidente e conselheiro do Coren-MS (gestão 2018-2020).

Lucyana Conceição Lemes Justino – Coren/MS 147.399-ENF
Mestre em Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Especialista em Saúde Pública e Saúde da Família pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal. Especialista em Cuidados Pré-Natal pela Universidade Federal de São Paulo. Especialista em Informática em Saúde pela Universidade Federal de São Paulo. Especialista em Atenção Básica e Saúde da Família pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Especialista em Micropolítica da Gestão e Trabalho em Saúde pela Universidade Federal Fluminense. Enfermeira da Vigilância Epidemiológica do Distrito Sanitário da Região do Bandeira em Campo Grande/MS. Conselheira do Coren-MS (gestão 2018-2020).

Nivea Lorena Torres – Coren/MS 091.377-ENF
Enfermeira graduada pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS)(2000). Especialização em Saúde da Família pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2003) e Especialização em Educação Profissional na Área Profissional: Enfermagem (2004). Mestrado em Enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2017). Atualmente é enfermeira do Banco de Leite Humano do Hospital Regional de Mato Grosso do Sul, coordenadora dos Residentes de Enfermagem no Programa de Residência Multiprofissional Integrada em Saúde – PREMIS – Áreas de Concentração Intensivismo e Materno Infantil – HRMS/UNIDERP, conselheira do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul (gestão 2018-2020), docente convidada da Escola Técnica do SUS Profª Ena de Araújo Galvão e da UNIFEJ Educacional – Instituto de Estudos e Pós-graduação. Tem experiência na área de Enfermagem, docência, gestão em saúde, gestão da qualidade em saúde e segurança do paciente.

Rodrigo Alexandre Teixeira – Coren/MS 123.978-ENF
Enfermeiro graduado pela Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS). Especialização em Urgência e Emergência e Educação em Saúde. Foi professor do curso de técnico de enfermagem da Escola Vital Brasil e preceptor do curso de enfermagem da Unigran. Primeiro diretor de enfermagem do Hospital do Trauma de Dourados (atual Hospital da Vida), enfermeiro responsável pelo Hospital da SIAS em Fátima do Sul e atualmente é servidor público federal no Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e conselheiro-secretário do Coren-MS (gestão 2018-2020).

Membros suplentes:
Fábio Roberto dos Santos Hortelan – Coren/MS 104.223-ENF
Bacharel em Enfermagem pela Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). Especialização em Atenção Básica e Saúde da Família. Atuou como enfermeiro assistencialista na Estratégia Saúde da Família Rural em Aquidauana, Iguatemi e Dourados. Também atuou na saúde indígena em Amambai e foi apoiador técnico na Atenção Especializada na Secretaria Municipal de Dourados junto à Atenção Psicossocial. Atualmente trabalha na Unidade Básica de Saúde da Família Antônia Marques, no distrito de Vila Vargas, em Dourados.

Flávio Tondati Ferreira – Coren/MS 158.519-ENF
Graduado em Enfermagem pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp). Pós-graduado em Terapia Intensiva. Trabalhou na UTI da Santa Casa de Campo Grande de 2006 a 2010 e na hemodiálise da Clínica Hiper Rim. Atualmente é enfermeiro da prefeitura municipal de Campo Grande e está lotado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santa Mônica, além de ser plantonista na UPA Leblon.

Karine Gomes Jarcem – Coren/MS 357.783-ENF
Graduação em enfermagem pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (2011). Especialização em Obstetrícia pela UFMS- Residência de enfermagem Obstétrica (2014-2016). Especialização em Auditoria e Creditação de serviços Hospitalares (2020). Presidente da AbenfoMS do ano de 2019-2020. Mediadora do Projeto Apice ON- MS (2017- 2020). Coordenadora do Estado de Mato Grosso do Sul no projeto Nascer Melhor no Brasil (2020). Mestranda de Enfermagem da UFMS/INISA (2020-2022).

Leandro Afonso Rabelo Dias – Coren/MS 175.263-ENF
Bacharel em Enfermagem, formado em 2008 pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp), Especialista em Educação na Saúde para Receptores do SUS e Gestão em Terapia Intensiva. Atuou como docente no curso de enfermagem na Universidade Anhanguera. Atualmente é supervisor de Enfermagem e responsável técnico da Unidade do Trauma da Associação Beneficente de Campo Grande Santa Casa.

Quadro 2 (Técnicos e Auxiliares de Enfermagem)
Membros efetivos:
Cleberson dos Santos Paião – COREN/MS 546.012-TE
Formado em Técnico de Enfermagem em 2008, pelo Centro de Ensino Campo-Grandense. Bacharel em Enfermagem em 2014, pelo Centro Universitário da Grande Dourados. Trabalhou no Hospital Nosso Lar, em Campo Grande-MS (2008-2010); no Centro de Atenção Psicossocial; e foi plantonista no Centro Regional de Saúde Guanandy (2010). Desde 2010 trabalha na Assistência do Hospital Universitário da Universidade Federal da Grande Dourados e é apoiador do Sindicato dos Trabalhadores em Educação das Instituições Federais (SINTEF). Conselheiro-tesoureiro do Coren-MS (gestão 2018-2020).

Marcos Ferreira Dias – COREN/MS 258.709-TE
Formado em Técnico de Enfermagem pelo SENAC. Trabalha na Prefeitura Municipal de Campo Grande e atua no Fórum Municipal dos Trabalhadores da Saúde. Atualmente cursa graduação em Enfermagem na Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp).

Aparecido Vieira de Carvalho – COREN/MS 218.938-TE
Formado em Técnico de Enfermagem em 1998, pelo SENAC. Trabalha na rede municipal de Saúde de Campo Grande desde 1998, onde já prestou assistência na Estratégia Saúde da Família, realizou plantões na UPA Vila Almeida. Atualmente exerce a função de Gerente Técnico na Unidade Básica de Saúde da Família Aguão. Conselheiro do Coren-MS (gestão 2018-2020).

Membros suplentes:
Maira Antônia Ferreira de Oliveira – COREN/MS 1.506.203-TE
Formada no curso Técnico de Enfermagem da Escola Vital Brasil (2008). Bacharel em Enfermagem em 2012, pelo Centro Universitário da Grande Dourados (Unigran). Especialização em Atenção Básica em Saúde da Família pela Fiocruz e Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) (2014). Especialização em Urgência e Emergência pela Sociedade Universitária Redentor, Rio Janeiro (RJ) (2018). Servidora Municipal em Dourados, atualmente lotada no Samu.

Carolina Lopes de Morais – COREN/MS 645.303-AE
Formada em Auxiliar de Enfermagem em 2006, pela Escola COC. Cursando a graduação em Enfermagem na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS). Desde 2010 atua no Hospital Santa Casa de Campo Grande-MS. Conselheira do Coren-MS (gestão 2018-2020).

Dayse Aparecida Clemente – COREN/MS 011.084-TE
Técnica de Enfermagem formada pela FUPAC-MG. Graduada em Estética e Cosmética pela Universidade para o Desenvolvimento do Estado e da Região do Pantanal (Uniderp). Pós-graduada em Procedimentos Estéticos no Pós-operatório de Cirurgia Plástica pela Uniderp. Servidora pública na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e atualmente cursa Biomedicina na Unigran Capital.

Conheça as propostas da chapa 1 “Enfermagem Unida, Coren Forte”:

1. Fiscalização do exercício profissional
1.1 Manter a intensificação das fiscalizações em todas as instituições de saúde.

1.2 Fazer cumprir o dimensionamento de pessoal.

1.3 Trabalhar junto com sindicatos, associações, escolas formadoras, no sentido de fortalecer a profissão.

1.4 Promover o fortalecimento e a expansão das comissões de ética nas instituições.

2. Tribunal de ética profissional

2.1 Criar um programa de reabilitação aos profissionais condenados em processos éticos, a partir da educação continuada e permanente.

2.2 Tornar o Coren-MS parte do sistema de formação em nível médio e superior.

3. Inscrição, registro e cadastro

3.1 Tornar mais rápida a entrega das carteiras profissionais.

3.2 Estreitar o contato com os profissionais das cidades onde não contam com subseção do Coren-MS, de modo a entender as necessidades da categoria e que dependem dos serviços da autarquia.

3.3 Divulgar os direitos vigentes e aplicáveis ao exercício da profissão e que conferem benefícios aos profissionais.

4. Orientação

4.1 Divulgar mensalmente às atividades realizadas pelo Coren-MS.

4.2 Fortalecer as câmaras técnicas e eventuais grupos de trabalho.

Se não votou, atenção à necessidade de justificativa – Quem não votou, tem 60 dias – a contar a partir desta segunda-feira (9/11) – para justificar o voto no site www.votaenfermagem.gov.br. É possível anexar arquivos comprobatórios no sistema on-line. Após este primeiro prazo, o profissional poderá fazê-lo junto ao Conselho, em até 180 dias.

Justificativas não aceitas, de acordo com o Código Eleitoral, sujeitam o inscrito à multa.