10/08/2018

Coren-MS e Sesai discutem estratégias para fiscalizações em aldeias indígenas

Pelo menos 25 unidades de atenção básica indígenas serão fiscalizadas na microrregião de Ponta Porã

O presidente do Coren-MS (Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), Dr. Sebastião Junior Henrique Duarte, esteve reunido com os representantes da Sesai (Secretaria Especial da Saúde Indígena) para discutir estratégias na realização de fiscalização nas unidades de atenção básica indígenas nas aldeias dos municípios da microrregião de Ponta Porã. A reunião foi realizada na tarde desta sexta-feira (10) na sede do Conselho em Campo Grande.

Os representantes da Sesai, o responsável da vigilância de epidemiologia, enfermeiro Dr. Newton Gonçalves de Figueiredo, e a enfermeira, Dra. Andryelli Matos Barbosa, traçaram estratégias junto ao Coren-MS para a realização de uma fiscalização na microrregião de Ponta Porã formados pelas cidades de Amambai; Aral Moreira; Coronel Sapucaia; Antônio João; Paranhos, Sete Quedas e Tacuru.

O coordenador da Dfis (Departamento de Fiscalização), Dr. Jefferson Estevan Francisco, e a conselheira, Carolina Lopes de Morais, também estiveram na reunião que montou uma estratégia para fiscalizar as bases de saúde indígenas. Pelo menos 25 pontos serão fiscalizados pelo Coren-MS em conjunto com a Sesai.

Promotoria

As visitas fiscalizatórias nas aldeias indígenas serão feitas a pedido do titular da 1º Promotoria de Justiça da comarca de Ponta Porã, Dr. Gabriel da Costa Rodrigues Alves.

 

 





  • BannerLateralAnjosEnfermagem
  • banner_anaiss1-e1349203955613
  • BannerLateralMunean
  • vagas enfermagem