10/06/2020

Conselho recebe doação de máscaras produzidas por reeducandos de MS

Com apoio do Comitê Gestor de Crises do Coren-MS, confecção dos materiais é coordenada pela Agepen/MS 16 municípios

Chefe da Divisão do Trabalho da Agepen/MS, Elaine, e presidente do Coren-MS, Dr. Sebastião, durante entrega da remessa de doações

O presidente do Coren-MS, Dr. Sebastião Duarte, recebeu nesta terça-feira (9) uma remessa de 1 mil máscaras confeccionadas por reeducandos do sistema penitenciário de Mato Grosso do Sul, que serão distribuídas aos funcionários do Conselho e doadas aos empregados administrativos das unidades de saúde.

A Agência de Administração Penitenciária de Mato Grosso do Sul (Agepen/MS) tem sido parceira na produção de máscaras de uso comum para a população e de kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) para profissionais de saúde, utilizando a mão de obra de internos. Ao mesmo tempo em que cooperam para a proteção da população e de trabalha frente a frente com o vírus, os reeducandos desenvolvem habilidades e contribuem na remição de suas próprias penas.

Máscaras e outros EPIs são confeccionados por reeducandos

A confecção de EPIs por reeducandos da Agepen/MS conta com a supervisão técnica do coordenador do Comitê Gestor de Crises do Coren-MS e doutor em Infectologia, Dr. Everton Lemos. Atualmente, há 22 polos ativos de produção distribuídos em 16 municípios, segundo a chefe da Divisão do Trabalho da Agência Penitenciária, Elaine Cristina Cecci.

Ações do Coren-MS – Desde que os primeiros casos da COVID-19 foram registrados no Brasil, o Coren-MS tem se movimentado no sentido de atender os profissionais da enfermagem do estado que relatam escassez ou falta de EPIs em seus locais de trabalho, seja realizando fiscalizações emergenciais e notificando gestores e autoridades competentes, seja mobilizando entidades e pessoas para conseguir doações.

Hospitais de Campo Grande e do interior do estado, bem como unidades básicas de saúde, estão sendo fiscalizados pelo Coren-MS para inspeção das condições de trabalho da enfermagem e visitados para entrega dos EPIs arrecadados durante a pandemia do novo Coronavírus.