09/03/2018

A “Vida” da mulher no Coren-MS

O Coren-MS, em alusão ao Dia Internacional da Mulher, homenageia a funcionária mais antiga

Vida, funcionária do Coren-MS desde 1990

Funcionária do Coren-MS (Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso do Sul) há quase três décadas, Vidalvina Pereira Loureiro, 54 anos, conhecida pelos mais íntimos como Vida, conta um pouco de sua história atuando pelo conselho, além de tocar em assuntos que envolve a mulher.

Depois que sua mãe, Isa Galceran, ficou viúva, em 2014, do seu segundo marido, Vida foi morar com ela. Vidalvina disse que foi a melhor escolha de sua vida. A mais antiga funcionária do Coren-MS chegou ao conselho em maio de 1990 através do marido de sua mãe, que era contador e prestava serviço à empresa.

Certo dia, o presidente, da época, do Conselho Regional ficou doente e sua esposa, que também trabalhava no mesmo local, se demitiu para cuidar do esposo. Outra presidente assumiu o conselho.

A vida e sua mãe Isa

“O Donato [marido falecido da minha mãe] veio fazer um trabalho, foi então que a presidente daquela época disse a ele que ficaria sem ninguém para trabalhar na parte administrativa, já que a outra funcionária havia saído, e pediu uma indicação”, lembrou.

Por coincidência Vida estava saindo da empresa onde trabalhava, seu Donato então falou para ela sobre a vaga. Como estava desempregada ela não pensou duas vezes e foi atrás do serviço.

Ao chegar à antiga sede, que ficava na Avenida Calógeras, Vida ficou decepcionada, pois o local, como ela mesma descreveu, era estranho. “A Denise [presidente da época] me perguntou se eu tinha interesse de trabalhar, mas pediu que eu ficasse pelo menos um ano. Eu nem queria ficar, o lugar era feio, mas tive que aceitar o emprego, pois precisava”, disse.

Segundo Vida, o serviço era pouco, quase não havia inscritos, pois o Coren naquela época era um órgão desconhecido. “Aqui não tinha quase nada para fazer, tinha pouquíssimos inscritos, uns 32 ou 40, a grande população era de atendente de enfermagem o que não tem formação [superior], eles nem pagavam anuidade. Mas fui ficando, fui me apaixonando e me envolvendo”, contou.

Já no fim da década de 90, sob o comando da então presidente, Arminda Rezende de Pádua, Vida começou a se empolgar mais ainda, pois a gestão queria renovar. “A Arminda, me disse que queria colocar a coisa para andar. A gente se animava juntas, não tínhamos faxineiros, mas eu juntava minhas coisas e saia da minha casa no domingo e seguia até o Coren para limpar”, disse aos risos ao se lembrar daquele momento.

Vida na primeira sede do Coren-MS em 1990

“Eu comprava tudo, caneta, material para limpeza, eu recebia o salário em quatro vezes. Fazia de tudo faxina, atendimento, malote, secretariava reunião, enfim, de tudo”, completou.
Em 1998 as coisas começaram a mudar mais ainda, o Coren-MS se mudou para um sede maior, Dom Aquino – centro, e com isso mais pessoas foram chegando ao quadro de funcionários. Vidalvina já não precisava mais fazer tudo sozinha, as tarefas começavam a ser divididas.

 

Mulher no mercado de trabalho

Vidalvina Pereira ressaltou que os tempos de hoje exigem da mulher a buscar o seu trabalho. Com isso é preciso que elas se profissionalizem, a mulher consegue fazer vária coisas ao mesmo tempo e isso dinamiza o ambiente de trabalho. A funcionária mais experiente do conselho disse ainda que as mulheres têm ama dinâmica  diferente, o homem age de forma mais metódica, já a mulher dá uma agilidade a mais dentro das empresas.

Violência contra a mulher

Vida acredita que a Lei Maria da Penha funcionou apenas no começo, agora está perdendo força, o criminoso não é punido como deveria ser. Tem mulher que denuncia o agressor, porém ela não é protegida pela justiça e acaba sendo morta. “O Agressor está perto, a justiça longe, a lei não tem poder”, desabafou.

“Não teremos nada na vida se não buscarmos, então se queremos algo temos que ir atrás, temos que ter coragem e assim as portas se abrirão para nós mulheres”, finalizou.





  • BannerLateralAnjosEnfermagem
  • banner_anaiss1-e1349203955613
  • BannerLateralMunean
  • vagas enfermagem