05/05/2011

A Enfermagem e os Desafios para a Saúde no Brasil são discutidos em seminário

O Seminário Nacional Sobre as Condições de Trabalho na Saúde, ocorrido no último dia 3, na Câmara dos Deputados ...

O Seminário Nacional Sobre as Condições de Trabalho na Saúde, ocorrido no último dia 3, na Câmara dos Deputados, em Brasília, reuniu aproximadamente 400 profissionais da enfermagem atuantes em diferentes regiões do Brasil. A categoria, mais uma vez, uniu forças para gritar pela redução da jornada de trabalho para 30 horas semanais.

Entre as atividades da programação do seminário estava a palestra “Enfermagem e os Desafios para a Saúde no Brasil: compromisso”, ministrada pela Dra. Denise Pires, presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Santa Catarina (Coren-SC).Segundo a enfermeira, o resultado da assistência prestada pelos profissionais da saúde depende diretamente do trabalho desenvolvido pela enfermagem. Neste contexto, a palestrante lançou uma reflexão baseada no questionamento sobre a real responsabilidade da enfermagem. A resposta: cuidar de seres humanos desde o acolhimento até os tratamentos mais complexos, além de gerenciar todas as necessidades dos pacientes nos atendimentos realizados.

Em sua colocação, a Dra. Denise abordou os indicadores e os cinco macro problemas da saúde do país, ressaltando que o investimento do Brasil em saúde ainda é muito baixo, o que influencia a qualidade dos serviços. Entretanto, afirmou que, independente disso, a enfermagem precisa ser forte e mostrar que, realmente, é capaz.

Ao encerrar a palestra, a enfermeira deixou sua mensagem: a enfermagem é a força da saúde e do Sistema Único de Saúde (SUS).O evento foi realizado pela Comissão de Legislação Participativa, presidida pelo deputado Vitor Paulo, a partir de sugestão da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde.

Finte: COFEN